> > > Atelier Patricia Centurion

Atelier Patricia Centurion

Atelier Patricia Centurion
Criado como uma obra de arte, com acabamentos e materiais artesanais, o Atelier Patricia Centurion abriga atividades criativas como workshops de moda, esculturas e fotografias Foto/Imagem:Alain Brugier

Uma galeria que é uma arte

De um briefing que valorizava um perfil artístico e artesanal nasce nas mãos da arquiteta Carolina Rocco o Atelier Patricia Centurion, uma galeria de joias com design projetado sob medida. “É um projeto de sucesso, criado como uma obra de arte e executado artesanalmente, tanto com relação à marcenaria quanto aos acabamentos e materiais. O espaço também oferece múltiplas atividades criativas, como workshops de moda, escultura, fotografia e arte”, explica a arquiteta Carolina Rocco.

É um projeto de sucesso, criado como uma obra de arte e executado artesanalmenteCarolina Rocco

Como o imóvel já existia, a profissional reformou dois conjuntos com pé-direito duplo. “Precisava ser um espaço especial, acolhedor e diferente, para receber pessoas. A Patricia queria promover nesta obra um encontro de mentes criadoras. Então, tudo foi desenhado para o atelier. Desde a criação do tapete, do mobiliário, do expositor das peças até o teto”.

Dois andares, dois públicos

A arquiteta optou por manter a generosa altura do pé-direito original para engrandecer o partido e possibilitar a visão geral de todo o atelier. Os dois pavimentos concentram no térreo o atendimento, a venda e a parte operacional com salas de escritórios, atelier de criação, produção, funcionários e segurança. No andar superior são realizadas as múltiplas atividades artísticas: exposições e vendas de peças nacionais e internacionais, além de workshops.

Materiais imponentes

Atelier Patricia Centurion - Uma galeria que é uma arte
A frieza dos metais contrasta com o calor da madeira Foto: Alain Brugier

A escolha dos materiais combina produtos naturais e tecnológicos. Há um corrimão de madeira maciça, esculpido na parede. Já os metais titânio e cobre foram usados para revestir algumas superfícies e o forro. “O forro é especial. Lembra uma caixa de joias. Como é bastante alto, pode ser visto da rua e de vários pontos do atelier. Todo trabalhado, é quadriculado, feito sob medida e instalado à mão”, detalha.

A tonalidade esverdeada do cobre envelhecido é, sem dúvida, a cor do espaço. Ela pode ser encontrada em vários ambientes, como no lavabo. Já a cor cinza está presente nas placas de titânio. “Além do cobre e titânio, há a utilização do aço cortén”, revela a arquiteta. Outro material usado para revestir uma das vigas é o espelho. “A intenção era refletir o ambiente e, com isso, fazer a viga desaparecer”.

O forro é especial, lembra uma caixa de joiasCarolina Rocco

Conforto ambiental e iluminação natural

Por ser um edifício de escritórios, toda a construção foi planejada para receber o ar-condicionado, por isso as janelas não abrem totalmente. Em contrapartida, o prédio recebe iluminação natural abundante grande parte do dia, exigindo luz artificial apenas ao entardecer e para ressaltar as peças expostas.

“Este espaço deveria ser um ponto de encontro, e isso aconteceu. Ele se transformou em um atelier artístico”, finaliza Carolina Rocco.

Escritório

Carolina Rocco Arquiteta2 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2007
Conclusão da obra: 2007
Área construída: 280

Tipo de obra:
Joalherias
Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Mantenha-se atualizado! Receba
gratuitamente os Boletins e Informativos
da Galeria da Arquitetura

E-mail cadastrado com sucesso!

Você ficará informado sobre tudo que acontece
no mundo da Arquitetura. Aproveite!

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo