> > > Residência em Itatiba

Residência em Itatiba

Residência em Itatiba
Como um grande volume que se equilibra sobre muros de pedras, a Residência Itatiba, projetada pelo Perkins+Will no interior paulista, aproveita-se da topografia local para unir a paisagem à edificação Foto/Imagem:Tuca Reines

Cercada pela natureza

A residência localizada em Itatiba, São Paulo, foi projetada pela equipe do escritório Perkins+Will. Trata-se de uma composição de cubos e empenas pensada para se adaptar à topografia e dar valor a texturas e materiais. “Era uma casa que foi criada pelos proprietários há mais de 20 anos. Possui estilo alpino, com uma linda paisagem em torno e é cercada por um lago”, comenta o arquiteto Luiz Fernando Rocco.

Concepção do projeto

A proposta era atender às três gerações da família de moradores da casa, portanto o estilo alpino foi substituído pelo contemporâneo. De extrema ousadia, mas muita praticidade, o jeito de viver da família reflete-se em um típico final de semana buscando o refúgio com segurança.

O escritório trouxe a união da típica paisagem com a edificação, entendendo a topografia local, os visuais, os ventos predominantes e a insolação. Os declives existentes com a paisagem natural do lago foram as principais condicionantes dessa proposta. “É como se esse projeto fosse desenvolvido em frente a uma praia deserta, com todos os ambientes desfrutando do visual externo”, conta o arquiteto Douglas Tolaine.

A implantação acontece com o enorme pavilhão que corta o platô existente. O volume superior é constituído de um grande retângulo minimalista e parece se equilibrar entre um volume cúbico de pedras. O piso em tons claros é formado por pedriscos no mesmo tom da pedra que reveste a residência.

Residência em Itatiba - Cercada pela natureza
A iluminação foi pensada de forma tridimensional para cada um dos espaços Foto: Tuca Reines

Os arquitetos utilizaram como referência na construção da casa grandes nomes da arquitetura, como o arquiteto Eduardo Souto de Moura, Eduardo de Almeida e Alberto Campos Baeza.

Design de interiores

Para o projeto de interiores, a solução de layout encontrada pelo escritório foi integrar a paisagem à edificação o interior. “Toda a decoração está em harmonia. Há desenhos de marcenaria nas bancadas e a iluminação foi pensada de forma tridimensional para cada um dos ambientes”, relata o arquiteto Fernando Vidal.

Projeto de paisagismo

O paisagismo se apropriou das espécies existentes de forma ímpar. “Para dar continuidade ao visual externo na parte da frente da residência, foram elaboradas praças com árvores dispostas de forma rígida e geométrica em formato de grelha. Todas estão localizadas no jardim externo”, explica Rocco.

Materiais e acabamento

Materiais como madeira, pedras, vidro e concreto predominam no projeto. “As ferramentas usadas, como por exemplo projetos tridimensionais, maquetes físicas, ilustrativas, amostra de materiais em mock up – escala real do projeto e maquete em tamanho natural – e um setor de orçamentos minimizaram as modificações e as dúvida. Mas não é só isso: projetos simples requerem excelente mão de obra para ser bem executado, sem arremates e engrossamentos”, finaliza Tolaine.

Escritório

Perkins+Will11 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2013
Área construída: 1.200

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

Mantenha-se atualizado! Receba
gratuitamente os Boletins e Informativos
da Galeria da Arquitetura

E-mail cadastrado com sucesso!

Você ficará informado sobre tudo que acontece
no mundo da Arquitetura. Aproveite!

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo