> > > Vitra

Vitra

Vitra
Com fachada em vidro, o prédio residencial Vitra tem uma arquitetura arrojada, integrando-se bem ao cenário cosmopolita da capital paulista Foto/Imagem:Marcelo Scarpis

Sustentável e contemporâneo

O edifício residencial Vitra foi desenvolvido a partir da parceria entre o escritório brasileiro Pablo Slemenson Arquitetura e o arquiteto polonês naturalizado americano Daniel Libeskind. O edifício, situado na cidade de São Paulo, alia a cultura da arquitetura residencial brasileira com a experiência americana, gerando um projeto arquitetônico adequado ao seu contexto e inovador em sua composição.

O arquiteto Pablo Slemenson expõe que todos os elementos do Vitra estão perfeitamente organizados e conectados para uma aparência atraente e bem distinta do padrão dos edifícios residenciais paulistanos.

Traços contemporâneos

Com estrutura de concreto, pilares robustos e lajes maciças, o projeto tem uma linguagem contemporânea, possibilitando diversos tipos de planta e apropriação do espaço, além de transmitir um aspecto monolítico e transparente.

A proposta inicial era desenvolver um edifício inteiramente de vidro, mas ela esbarrou em uma dificuldade: a existência ou não de aberturas na entrada. “Os modelos tradicionais de esquadrias não se mostravam adequados para o resultado final. Desta forma, adotamos o sistema de abertura osciloparalelo (tomba e abre), ainda pouco utilizado no Brasil, que permite manter o conceito de pele de vidro e ao mesmo tempo possibilita ao morador a entrada de ar natural com abertura total da janela. A produção dos caixilhos foi uma dificuldade técnica que permeou toda a obra”, disse o profissional.

Cortinas de fechamento garantem proteção de luz e privacidade noturna aos apartamentos do Vitra, por isso foram cuidadosamente estudadas, para que pudessem ser incorporadas às fachadas inclinadas.

Eficiência térmica

Slemenson explica que, diante da preocupação com o conforto térmico, o escritório aplicou vidros de baixa emissão de calor na fachada, que atendem a padrões internacionais de conforto ambiental e são reconhecidos pela Certificação Ambiental AQUA, da Fundação Vanzolini. “Os vidros são levemente refletivos e de baixa transmissão de calor, o que garante a privacidade, pois a visibilidade através do vidro durante o dia ocorre apenas da área interna para a externa”, completa.

Sustentabilidade como ponto-chave

Desde sua criação, o projeto do Vitra está ligado às práticas sustentáveis. Foram implantados sistema de captação e de reúso de águas pluviais, placas solares de aquecimento de água, ar-condicionado e elevadores com materiais que contribuem para a redução do consumo de energia, além da gestão otimizada de resíduos no canteiro de obras.

Adequado ao clima brasileiro e preocupado com o consumo reduzido de água, o paisagismo adotou conceitos de sustentabilidade, contando com reúso de águas pluviais para irrigação e lavagem do jardim.

Design de interior

Composto por 14 apartamentos luxuosos, cada um ocupando um pavimento inteiro com planta única, o Vitra tem um programa contemporâneo, com design acolhedor, que valoriza o bem-estar de seus moradores. Possui ampla área social, com vista para o Parque do Povo e para um dos skylines mais característicos da cidade.

“O projeto de interiores segue uma tendência contemporânea minimalista, como extensão do projeto arquitetônico. Os materiais são de fácil acesso no mercado brasileiro: madeira, linho, vidro etc.”, conta Slemenson.

O projeto luminotécnico é sutil, ora com sancas lineares, ora com spots, privilegiando o projeto arquitetônico e harmonizando com a abundante luz natural.

Automação completa

Segundo Slemenson, o Vitra é dotado de automação em todos os sistemas de infraestrutura, elevadores, abastecimento de água, aquecimento solar, bombas de água e níveis de iluminação. “O gerador que atende 100% das necessidades do edifício também está conectado ao sistema automotivo. Os elevadores possuem leitura biométrica dos moradores para acessar o respectivo andar. As unidades estão preparadas para automação”, conclui.

Produtos utilizados nesta obra

Escritório

PSA Arquitetura13 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2010
Conclusão da obra: 2015
Área do terreno: 1.810
Área construída: 14.429

Tipo de obra:
Edifícios Residenciais
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow Desenhos e plantas

Ficha Técnica

Exibir mais itens

APROFUNDAMENTO TÉCNICO

Mantenha-se atualizado! Receba
gratuitamente os Boletins e Informativos
da Galeria da Arquitetura

E-mail cadastrado com sucesso!

Você ficará informado sobre tudo que acontece
no mundo da Arquitetura. Aproveite!

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo