> > > Salas de jantar

REFERÊNCIAS /

Salas de jantar

A sala de jantar continua sendo um ambiente importante da casa, mas vem sofrendo mudanças. Hoje, elas não precisam mais ser enormes, como um dia já foram, com mesas pomposas com oito ou mais lugares. A diminuição do tamanho dos imóveis vem deixando esses ambientes mais compactos, com mesas menores, às vezes até integrados à cozinha.

Outra tendência que vem se revelando é a criação de espaços multiuso: além de um local para fazer as refeições, a sala de jantar pode ser usada como home office, por exemplo. A escolha de móveis mais “sérios” possibilita essa multifuncionalidade. Veja fotos do nosso acervo e se inspire!

A decoração da sala de jantar varia de acordo com o projeto e o gosto do proprietário do imóvel, mas costuma priorizar o conforto. Pode ser clássica (com mesa retangular grande, um belo lustre ou pendente – que está super in! –, espelho, tapete e cortina), moderninha (com mesa e/ou cadeiras coloridas, design diferenciado e iluminação embutida no teto), rústica (com mesa e cadeiras de madeira) ou contemporânea (com móveis simples e práticos, de cores neutras – principalmente preto e branco).

Além de transmitirem sensação de amplitude, as salas de jantar brancas são mais leves e clássicas. Já as com mobília preta, que também são sofisticadas, costumam agradar mais o público masculino.

Uma forma de ampliar o espaço é usar espelhos na parede. Se a sala já for grande, o espelho pode ser substituído por uma parede com textura, colorida, de madeira, de tijolinhos, papel de parede, painel ou por um quadro bonito. Outra ideia é projetar a sala de jantar próxima à janela. Assim, aproveita-se a luz natural durante o dia. E se a vista for bonita (para um jardim, floresta ou praia, por exemplo), a hora da refeição ficará ainda mais gostosa. Bufês e aparadores podem ser usados em salas espaçosas. Além de funcionais, pois guardam pratos, faqueiro etc., podem servir de apoio para peças decorativas, como porta-retratos e bibelôs.

Mesas e cadeiras

A mesa é a protagonista da sala de jantar, por isso deve ser escolhida com cuidado. A cor e o material (madeira, mármore, vidro etc.) dependem do gosto de cada um. Já o tamanho e o formato precisam ser compatíveis com o imóvel, de forma que sobre espaço para a circulação de pessoas (cerca de 70 cm entre a mesa e a parede ou outro móvel) e não bloqueie a passagem para outros cômodos. Enquanto as mesas quadradas ficam bem em casas médias ou grandes, as redondas são ideais para espaços pequenos – por deixarem os pés no centro, acomodam mais pessoas. Por outro lado, o modelo quadrado comporta mais objetos sobre ela (panelas, travessas etc.), pois tem cantos. O modelo retangular – outro clássico – é a opção perfeita para salas estreitas.

As cadeiras também são essenciais. Elas podem ser coloridas, de madeira, de acrílico, de ferro, com braços, sem braços, mais descoladas, clássicas, estofadas, quadradas, arredondadas etc. E não precisam ter o mesmo acabamento da mesa! Também é possível optar por poltronas ou bancos (ou, ainda, alternar entre diferentes tipos de cadeiras e bancos).

Veja também: Referências de Salas de Estar e Varandas e Espaços Gourmets.

Mantenha-se atualizado! Receba
gratuitamente os Boletins e Informativos
da Galeria da Arquitetura

E-mail cadastrado com sucesso!

Você ficará informado sobre tudo que acontece
no mundo da Arquitetura. Aproveite!

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo