> > > Via Ômega

Via Ômega

Via Ômega
Tradição e sofisticação revelam-se palavras de ordem na concepção do projeto Edifício Via Ômega, do escritório Dávila Arquitetura Foto/Imagem:Alan Teixeira

Sobre os pilares modernistas

Localizado em Brasília, o edifício Via Ômega, projetado pelo escritório Dávila Arquitetura, foi erguido sobre os pilares da tradição modernista, com toque de sofisticação e estilo. “Dentro dos conceitos o projeto arquitetônico proporcionou diversos tipos de plantas de apartamentos, para que o prédio pudesse acolher todos os tipos de moradores e investidores”, conta o arquiteto Afonso Walace.

Personalidade

A fachada, inspirada na obra do pintor holandês Piet Mondrian, tem generosos panos de vidro que remontam à tradição modernista de integração entre interior e paisagem. “Em homenagem ao modernismo, utilizamos as proporções áureas na estrutura, assim como painéis de azulejos decorados com motivos geométricos nas áreas comuns”, comenta.

O jogo de formas geométricas utilizado na composição do edifício faz alusão a três conceitos: identidade, com seus formatos idênticos e os quadrados; variedade, com figuras em proporções diferenciadas; e personalidade, evidenciada pelas variadas cores dispostas de maneira livre.

Os materiais utilizados na fachada são o alumínio composto, presente nos brises, e os vidros na cor verde. “Além de atributos como a eficiência energética, esses materiais ajudam a revelar a sofisticação das formas e composições do prédio”, explica o arquiteto.

Escola Moderna é diferencial

Os arquitetos utilizaram um partido de pilotis com pé-direito duplo e solto do chão, no qual somente a estrutura dos pilares toca o solo, garantindo a continuidade e fluidez do espaço público. Compondo este ambiente, os painéis de azulejos revestem e tornam-se um ícone na paisagem imediata.

Os apartamentos são vazados, proporcionando vista para as duas fachadas. Visando um maior aproveitamento dos ambientes privativos, foram projetadas unidades dúplex, com maior espaço útil e menor área de circulação comum.

Iluminação e paisagismo

“O projeto de iluminação visa destacar a beleza dos painéis de azulejos, que seguem a tradição do grande mestre do modernismo Athos Bulcão. Já o projeto paisagístico é simples, mas elegante. Com isso, proporciona um destaque maior da construção, ao mesmo tempo integrando o espaço no qual está inserido”, finaliza Afonso.

Produtos utilizados nesta obra

Fornecedores desta obra

Vidros

Guardian

Escritório

Dávila Arquitetura5 projeto(s)

Local: DF, Brasil
Área construída: 1500

Tipo de obra:
Edifícios Residenciais
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens

APROFUNDAMENTO TÉCNICO

Mantenha-se atualizado! Receba
gratuitamente os Boletins e Informativos
da Galeria da Arquitetura

E-mail cadastrado com sucesso!

Você ficará informado sobre tudo que acontece
no mundo da Arquitetura. Aproveite!

novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo